Nenhum antibiótico para a galinha ou ovos

 “Fomos salvos pelo EM”, diz Miyagi, que administra uma fazenda avícola na cidade de Nanjo, em Okinawa. Nos primeiros anos, ele usou antibiótico para a gestão de saúde do frango. No entanto, resultou no aumento dos órgãos internos das galinhas. Ele experimentou a limitação do antibiótico e começou a usar EM. Um ambiente melhor com a ajuda de microorganismosContinuar lendo “Nenhum antibiótico para a galinha ou ovos”